Artigos & Informações
Aprenda a fazer a manteiga clarificada chamada "ghee"

Apesar de milenares, os ensinamentos indianos têm conquistado o Ocidente aos poucos. Quando se fala em culinária, não é diferente. No Brasil, estudiosos da ayurveda (a tradicional medicina indiana) disseminam as vantagens de uma vida mais saudável a partir da harmonia entre os itens encontrados na cozinha.

Dentre os tantos ingredientes típicos do país, o ghee (escreve-se também ghi e lê-se gui) é um dos que vêm gradualmente sendo disseminados por aqui. Também conhecido como manteiga clarificada, o óleo pode ser considerado um alimento e um remédio — na filosofia hindu, aliás, os conceitos de alimento e remédio nunca aparecem dissociados.

— É usado tanto na culinária como em terapias — explica a terapeuta ayurvédica Paula da Silveira, que ao lado do também terapeuta Narada estuda a medicina indiana desde 2005.

— É o melhor alimento e o melhor medicamento — acredita Narada (confira as dicas terapêuticas abaixo).

O ghee é produzido a partir da manteiga (a mesma encontrada em supermercados), que deve ser derretida em banho-maria. Nesse ritual serão retiradas todas as impurezas do produto, que se materializam em forma de espuma sobre a parte sólida.

O processo é lento e, dependendo da quantidade de manteiga utilizada, pode levar até sete horas de preparo.

— Temos que ter o cuidado de deixar o fogo sempre muito baixo, pois não pode ferver. As impurezas vão se soltando. Tem de ir tirando aos poucos a espuma que se forma em cima — explica Paula.

A dica dos terapeutas é produzir o tônico com uma manteiga de qualidade.

— Ela tem de ser sem sal e pode ser adquirida em fruteiras e armazéns de produtos orgânicos — orientam.

Se a chama do fogão for muito forte (mesmo estando baixa), a sugestão é colocar um suporte de ferro, para que a panela fique elevada e fuja do contato direto com o fogo. O conteúdo vai se dividir.

A parte superior, uma espuma gordurosa, é a que deve ser retirada. O ghee é o líquido amarelado que ficará no recipiente e estará pronto quando o fundo puder ser visto ao mexer. Apesar da semelhança, o ghee não é igual à manteiga de garrafa, ingrediente muito comum na culinária nordestina. Narada explica que a manteiga de garrafa é só derretida:

— O ghee é mais benéfico, pois tem todas suas impurezas retiradas.

O ghee pode substituir manteiga, margarina e óleo em praticamente todas as receitas, inclusive nas frituras. Porém, deve ser utilizado em quantidades menores, já que rende mais quando aquecido. Após atingir o estado sólido (espécie de pasta), também é ideal para passar no pão ou em biscoitos.

Quanto ao armazenamento, deve ser guardado na geladeira ou em um armário, longe da umidade e da luz abundante. Narada explica que o produto rende mais ou menos a metade da quantidade de manteiga usada no derretimento. Já o sabor não muda muito, o ghee apenas ganha em suavidade.

— Sugiro fazer com, pelo menos, dois tabletes de 200 gramas. Isso vai levar pelo menos 1h30min de preparo – estima Narada.

Venda
O recipiente de meio litro de ghee custa em média R$ 20. Mais informações pelo telefone (54) 9919.5434

COMO FAZER O GHEE
Ingredientes
— Água
— Manteiga sem sal (de preferência orgânica). Usar no mínimo dois tabletes de 200g

1. Coloque água até a metade de uma panela (de preferência com fundo grosso).
2. Coloque a panela no fogo baixo e acrescente a manteiga dentro de um recipiente, em banho-maria.
3. Retire aos poucos, com uma espumadeira, a espuma que se formará em cima da manteiga.
4. O ghee estará pronto quando você enxergar o fundo do recipiente.
5. Retire da panela, coe e coloque em um recipiente de vidro.

PAULA E NARANDA DÃO DICAS DE UTILIZAÇÃO DO GHEE FORA DA CULINÁRIA:
— Pode ser usado como colírio, pois lubrifica e limpa o olho. Pinga-se uma gotinha no olho irritado.
— Na cosmética, funciona como creme antir-rugas, pois nutre a pele. Aplica-se ao redor dos olhos antes de dormir.
- Atua como cicatrizante na pele.
— O poder terapêutico do ghee é acentuado com o tempo. Para utilizá-lo com este propósito, o ideal é guardar o produto por cerca de um ano antes de iniciar as aplicações terapêuticas.

GORDURA BENÉFICA GHEE TERAPÊUTICO
O ghee é uma gordura saturada composta por ácidos graxos de cadeia curta, facilmente digerível pelo organismo. Além disso, contém quantidades significativas de ácidos graxos monoinsaturados (aproximadamente 20%) e um nível bastante reduzido de ácidos graxos poliinsaturados (altamente reativos e oxidativos dos tecidos).

Possui uma taxa de absorção bastante alta (96%) e, apesar de ser um derivado do leite, não possui lactose (apenas traços), podendo ser consumido tranquilamente por quem sofre de intolerância. Pesquisas indicam que o ghee não eleva os níveis de colesterol.

Para os praticantes de ioga, o ghee serve como lubrificante natural das articulações, auxiliando na flexibilidade para a prática dos ásanas (posturas). Mais informações e receitas no site www.ghibrasil.com.br.


Por: Pioneiro - Gastronomia

Publicado em: 28/05/2011

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/pioneiro/rs/plantao/10,3329581,Aprenda-a-fazer-a-manteiga-clarificada-chamada-ghee-.html.html

[ - ] Voltar

Terapias Curitiba

Av. Visconde de Guarapuava, 3.444 - Conj. 606 - 6º Andar - CEP 80.250-220 - Bairro Centro - Curitiba - PR